segunda-feira, 23 de novembro de 2020

Excesso de Prisões Temporárias: Brasil e seu complexo de vira-latas.


 
Foto de Josh Hild no Pexels

Brasil e o complexo de vira-latas

Complexo de vira-lata" é uma expressão criada pelo dramaturgo e escritor brasileiro Nelson Rodrigues. Para ele: 

"Por "complexo de vira-lata" entendo eu a inferioridade em que o brasileiro se coloca, voluntariamente, em face do resto do mundo. O brasileiro é um narciso às avessas, que cospe na própria imagem. Eis a verdade: não encontramos pretextos pessoais ou históricos para a autoestima".

 Feminicidio: o que é?

Sistema penal

No Direito Penal não é diferente, pois vemos filmes américanos e achamos o sistema penal perfeito. Lá, segundo Holliwood, os criminosos são presos e ficam presos eternamente, os juize snão soltam bandidos como aqui, diriam os vira-latas de plantão. Mera ilusão. O sistema d ejustiça penal americano sofre pesadas críticas lá e mundo desenvolvido afora, pela sua ineficiência e seletividade em encarcerar negros, latinos e imigrantes e ´por priorizar acordos de condenação em detrimento da apuração da verdade.

É verdade, também, que os crimes são solucionados na grande maioria das vezes, pois a policia dos Estados Amricanos são equipadas e bem treinadas, o que não aocntece aqui, em que não é raro faltar papel e material de escritório nas Delegacias Brasil afora. São realidades bastante diferentes.

Por isso tudo nasceu aqui, na onda do conservadorismo bolsominista, o qual prega rigor sem limites contra os criminosos, desde que não sejam da familia presidencial. contradição insuperável pela lógica do que é razoável, voltando àquela velha máxima do rigor com os outros, com os meus não.

Prega-se, por isso, que não se deve soltar ninguem preso em flagrante, seja primário, com bons antecedentes e por crimes que não são violentos, pois a leiniencia do Judiciário seria a causa da sensação de impunidade, quando na verdade os exemplos vêm de icma e a sensação de impunidade está mais ligada ao roubo do dinheiro para ocmpra de respiradoresna Pandemia de Covid19, rachadinhas e dinheiro na cueca que no caso do "vaporzinho" do tráfico preso em fragrante.

Mas, contudo, porém todavia, é mais fácil descarregar a ira punitiva naquele "vaporzinho" que sequer tem dinheiro para pagar advogado e vem representado, quase sempre, pela gloriosa Defensoria Pública, a demonstrar que não é o traficante pintado de monstro nas denúncias Brasil afora.

E o complexo de vira-latas vem à tona ao comparar com o EUA que mantém traficantes trancafiados anos a fio até o julgamento final, quando nós temos que revisar a necessidade de prisão a cada três meses, o que é uma vitória para nossa democracia, pois em 90% dos casos os presos são pobres e pretos e não bacanas de terno que fazem "rachadinha" e lavam dinheiro em bombonieres.

Vamos para com essa ladainha bolsominista de que somos "mariquinhas" por defender o tratamento igualitário a todos os acusados de crime. Ou se trata todos com porretadas, até os parentes, ou com observância dos direitos constitucionalmente adquiridos, até par ao "vaporzinho".

Relembrando, ainda, Nelson Rodrigues, que disse: 

"Os idiotas vão tomar conta do mundo; não pela capacidade, mas pela quantidade. Eles são muitos".

Parece que essa previsão está se concretizando, infelizmente.



Abraços.


Nenhum comentário:

Postar um comentário

Vamos comentar o artigo. Aguardo contribuições!

Postagem em destaque

Excesso de Prisões Temporárias: Brasil e seu complexo de vira-latas.

  Foto de  Josh Hild  no  Pexels Brasil e o complexo de vira-latas Complexo de vira-lata " é uma expressão  criada pelo dramaturgo e es...